Lábios de fogo

Meu amor…

Já faz faz um tempo que não ouço sua voz, ou de ouvir, não seria o suficiente.

Desejo-te imensamente rente a mim, na zona total de segurança.

Sem ressentimentos, sem feridas.

Mas essa guerra vem me afetando de tal forma, que nós perdemos as trocas dos beijos quentes

e furtivamente envolvidos em suma delicadeza.

Agora ouço fogos se distribuindo ao meu redor, acabando com tudo, do que se acabara em tragédia

quando não nos veremos após.

Tudo acabará? Não me decepcione, eu só quero seus lábios nos meus.

O seu cheiro representante de um soldado pertencente ao meu coração é o bastante

para descrever que nós temos têm um significado aguardado.

Mas fazer o quê?

Você quer justiça, você sempre quis, desde que seus pais morreram.

Não faça justiça com sua alma, é a pior coisa para destruir o que uma vez eu pressenti um homem valente.

Mas o que era o amor, entre laços de fogo?

Uma coisa simples e temporária.

Desculpe, portanto não posso esperar você decidir

entre a morte e a vida.

Só apenas saiba que estive aqui, quando você não mais esteve presente.

E que estarei, talvez em outra vida.

Pois aqui não me pertence mais.


I’m so sorry.

JkMonde

Anúncios

C⚉MENTE

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s