2 de novembro de 2015

Sem saudação por hoje

Esse dia que aguenta por saturar nossas emoções profundamente do que se trata, a morte, é quem dividimos nossos respeitos e considerações pelas pessoas que marcaram nossas vidas, nossa alma, vosso coração. A que exprime uma saudade imensa quando vemos que por detrás de todas as brigas bárbaras por pequenas razões, não seriam de nada comparado ao fim. Lágrimas são derramadas. Lágrimas de saudades, de angústia e de comoção. Revirando nossos trajetos, cada família é influenciada por uma perda, sob qual é incentivada desde sempre, a ornamentação de nossos postos em remendo a vida. O fim pode estar a qualquer instante, próximo, distante, no entanto, esse dia é fortemente gerado por uma guia de pessoas e parentes, coisa que a ignorância difunde da separação de ambos. Mas perceba, juntos somos tão insignificantes situado com as esperanças que formatamos para a geração da satisfação.

Acender a vela, é acender a chama do amor que ainda partilhamos com sua ida ao seu descanso, caro espírito. Eu não posso te ver, ou te sentir, sobretudo, você fez parte de mim e até o temido fim, onde nos encontraremos por nossas recordações memoráveis. Alojar uma flor, é provar que podemos formar uma história em cada pétala que somar-se a outra, visando demonstrar que algo em ti estaria vivo, debaixo de todo solo, de toda escapatória. A flor é um ato de expressar sua gratidão pela pessoa que em especial ensinou a passagem da vida, ou passou por sua herança deixando vazar tristezas encapadas da coleção de receios, nonde nos valorizamos por afim de nossos passados.

As pessoas que amamos algum dia irão partir, portanto viva o máximo que puder, não subsidentemente pelos materiais, pois que, dos materiais que compõe o convexo da vida. Ame, agradeça, estremeça, demonstre, retribua compaixão, e vida discretamente. Não sirva de resto, se entregue por inteiro.


jak

Anúncios

6 comentários em “2 de novembro de 2015

  1. Sei bem o que é perder, talvez não da maneira exata, mas a morte ou separação nos faz perceber que tudo que vivemos, tem um propósito e simplesmente, estando viva ou não, vai acabar, mesmo se você não queira

C⚉MENTE

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s