Viagem: Poços de Caldas-MG Parte#2 & Bate-Papo!

Salut,

Meu humor está de volta 👧 e minha superstição com as pessoas juntamente do mundo, fica tipo:

Voltei a tona com aquela ironia sarcástica e criativa, não sei se são os astros, os hormônios ou alguma droga que colocaram na minha coca-cola, mas o importante é que estou “-De bem com a Vida 🎤” . Estou palpitando pintar inteiramente meu quarto de tinta lousa, e começar a escrever frases inspirativas pra todo canto, como essa que digitei no URL do navegador por que, você sabe, ideias fogem da cabeça rapi-dez:

Comece a se valorizar, o plano de vida não cobra pelo seu desânimo. ~ Jak

Não espere nada de ninguém, evite decepções. ~ Michele Valentim

Isso é só uma amostra da minha auto-estima no exato momento, desfrutando pingos da chuva e infelizmente intervencionando puns do meu gato no tapete (descarte essa parte). Conheci um site da blogueira Essena e pessoalmente me envolvi, não de primeira, mas acabei por me influenciar. Ela fala sobre motivação, “do mundo real” ao invés de toda propaganda que discrimina a natureza da mulher, que acaba por fazer distúrbios rancorosos somente para ficar igual uma modelo, que mal se conhece. Enfim, eu apoio a opinião dessa garota a que deixa o ponto alvo de que você ser quer for, da maneira que achar necessário, mas por trás de toda invenção, acaba sendo perda de tempo se refletir em outro patrimônio.

Com relação a continuidade da viagem, que tinha descrito para ontem, não forcei a barra e deixei meu corpo falar por si. Para deixar claro, estou escrevendo esse post de madrugada, aquele tempinho em que você passa ser um filósofo, um psicólogo, um cientista maluco, e por fim todas as coisas que desejar. #Eusouloucapelamadrugada!

Música mais ouvida na viagem:

Como havia já declarado, fiquei mais focada nas vitrines das lojas, do que no cansaço da viagem.

Nessa foto, com a tamanha pressa que estávamos, minha avó e eu, prosseguimos, só que a merda ficou pior! Nos desencontramos. Perdi de vista meus irmãos, minha mãe…e sai a procura deles pela cidade, até que felizmente os achei.

Passeamos pelo parque, vi tantos turistas que fiquei encantada. E aproveitei para tirar um relaxo no banco. Logo fomos fazer uma boquinha em um restaurante indicado por um dos feirantes próximos, o Uai de Minas.

De modo geral, eu adorei a experiência, não fui a muitos lugares turísticos incluídos, mas íamos ao Véu das Noivas se não tivesse atraso -_- mesmo assim procurei saber como é.

Comprei apenas uma lembrancinha desse paraíso, um colar, mas tenho certeza que conservei todo o espírito da coisa de lá pra cá! Obrigada Minas Gerais, aguarde o retorno.

jak

Anúncios

9 comentários em “Viagem: Poços de Caldas-MG Parte#2 & Bate-Papo!

  1. Que massa 😀
    Adoro essas filosofias da madrugs, geralmente é o horario em que mais falo “merda” hahhaha mas que pra mim, são reflexões sinceras e objetivas.
    adorei a vitrine com sapatos hehe chamou minha atenção..
    Beijo!

    1. Viajar é sempre bom! Claro, se eu fizer o que é provável já que sou um cérebro em série, meu quarto vai ficar lotado de anotações e a primeira frase vai ser:
      Comece a desenhar a vida, ela anda meio apagada! 🙂

C⚉MENTE

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s