Surtos Naturais

IMG_20151203_065126
photo by Jak

O seio primoroso de conceder a paz embora não à veja, em planos subjetivos de prazer. Que honra inúmera, abraçar as aborrecidas tristezas com a paz interior. Temos auto-controle sobre nossas determinações, mas quando se trata de estarmos conosco, aí não me venha com inconveniências. Tenho surtos quando vejo a nebrina e imagino a fumaça, tento abordar de várias redundâncias as diferentes posições que ela se refere. Odeio segundas-feiras, e sou viciada nas sextas, porém nem tudo acaba sendo, como aquele fim de semana, talvez, cama e só…mais cama, impossibilite a destreza da preguiça grudada em uma só pessoa. Detesto chorar, assim como um homem chorando, me sinto fracassada, mas um método consciente á que tudo passa, como uma leve decisão de alívio. Quando estou nervosa, mordo as precisões do corpo, como uma longa descrição de velocidades. Admiro a simplicidade, o que, honestamente, é o que revela a nobreza humana. Sou desnaturada, e em tudo que toco, acaba fazendo algum sentido no final da tarde. Amo diversificar, é isso que me desenvolve! Sem título

Anúncios

2 thoughts on “Surtos Naturais

C⚉MENTE

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s