Relatos

É aquele flagrante que me sento e vejo tudo rodar em um próprio armazenamento. Imaginando como seria um café por perto ou a sensação de um cigarro com aroma de inspiração. Então vem a pergunta… você sente o mesmo? Em dado momento você prefere fincar todos seus argumentos com uma canção dos anos 80 e nele pacificar dadas conclusões que o tempo está passando. Tenho uma confissão. Ou você credibiliza o tempo como seu aliado ou ele se tornará seu maior adversário pelas demais considerações. É como ler um livro sem contar as páginas ou se contado, passa ser um confronto desesperado com a pressão do acervo. De nada vale consumir uma correspondência, se o ciclo que preenche é sempre em estado vazio. Acho que é uma questão de entidade, de cair na real mas, como diz um poeta…

DSC03879 (2).JPG
photography by jak

Câmbio e desligo. 📴

Até breve, jak.

Anúncios

2 comentários em “Relatos

C⚉MENTE

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s