Já dá pra casar

Salut, como vai? (Frio ☁)

Hipoteticamente eu diria que esse texto se tornaria uma crônica. Mas esse tema pede um tempinho de prosa para todos nós, OK!

À princípio, quem nunca te disse isso. Haha, eu ouço frequentemente. Não é uma ofensa ou algo assimilado. Porque podemos depender dos outros se temos o poder de garantir a própria fortaleza?

Ao abrir um pote de picles, ao carregar as compras do mercado, ao fazer uma comida deliciosa, ao trocar uma lâmpada, ao trocar o próprio pneu, ao limpar a casa, entre outras condições, não necessariamente tem a perseverança de agregar uma ajuda externa. Ser independente é uma origem que carregamos desde que aprendemos a engatinhar, a andar sozinho, a fazer coisas e ter orgulho da própria autonomia.

c473477a30d32a630e269c1c24ca996d.jpgSe for para casar que seja por amor, por afeto, por companhia. Por ações congruentes, que seja na persistência, na tentativa. Fazer com as próprias mãos é algo proeminente. Porque desistir nunca foi nossa meta. E jamais será.

Bonsoir,

Jak

 

Anúncios

12 comentários em “Já dá pra casar

  1. Sei não… Acho que alguém quer casar só para pedir para outro alguém abrir um pote de picles, carregar as compras do mercado, fazer uma comida deliciosa, trocar uma lâmpada, trocar o pneu, limpar a casa…

    1. hahaha se para esse alguém a pessoa já exerça sobre essas ações, o restante é lucro. 😀 Ás vezes precisamos aprender a nos educar sobre ser independente, mesmo que o parceiro ajude em muitos instantes.

  2. Jak, tô meio que com o Gustavo… rs
    Hoje em dia as pessoas têm trocado bem a real função do casamento e banalizando demais o “EU TE AMO”. Coisas do novo mundo. rs
    Mas que muitas vezes é difícil abrir uma lata sozinho, isso é!

    Ah! Tá chegando o BEDA desse ano… Vai participar?! Vai ser um desafio pra mim postar todos os dia do mês de Agosto, mas vou com força!
    Conto com sua presença diária, hein!? 🙂 Corre lá que já temos novidade. rs

    HuG! 😀

    http://www.andrehotter.com
    👻 Snapchat: andrehotter
    📸 Instagram: @andrehotter

    1. Obrigada pela informação André. Vou já conferir. ^^
      Como você bem afirmou, coisas do novo mundo. E sim, abrir uma lata às vezes não é nada mau. Já tentei abrir sozinha, consegui porém, acrescentei sangue e esforço nessa concentração, haha. 😀

    1. Haha, só isso que resta para um selo uniforme – Amor. Entre as demais conveniências, não custa tentar, porque afinal somos do clube girl power, baby. 😀 We can do it!

  3. Opa, quem vai casar? Rssssss.
    Bem casamento é algo tipo juntar os trapos como se dizia na antiga. Casar não significa ser eterno mas bom quando o é.
    O bom dessa parceria do casamento é que mais que o amor e o carinho, a amizade torna-se verdadeira mesmo.
    Eu tenho apenas 32 anos de casado, bem casado por sinal, gostaria muito de poder chegar aos 50 anos como um grande amigo de Sampa nosso e até passar disso, quem sabe se Deus não ajuda né? 😉

    1. Correto!
      Fiquei surpresa. 32 anos!? Parceria em uma relação é tudo. Mas praticar a licenciatura do amor é uma atividade inegável.
      Independente dos anos que ainda virão, te desejo sorte, saúde e prosperidade. Não há quem diga o que é eterno mas enquanto dura, é pura emoção.

C⚉MENTE

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s