Brooklyn, 1986

Salut! Como tem passado? Espero que esteja tudo bem. =}

A sorte não existe. Aquilo a que chamas sorte é o cuidado com os pormenores. -eu e meus biscoitos da sorte. Com indagação em escrever, acabei elaborando plataformas demais e não escrevi coisa alguma. Eis que sentei, respirei, ri sozinha, escutei Pink Floyd…puf! E voilà. Agradecemos a madrugada. 

Se tem uma série que faz parte do meu dia a dia, é nada mais nada menos que Todo Mundo Odeia o Chris. Não há como evitar. Além de ser uma série que nunca perde o humor, já me conformei com o fato de viver repetindo as frases ditas pelos personagens.42e0d245cc0a91340e75e5a153d017a2Quando encontro com meu irmão em tal local, de vezes digo: (Esse é meu maior bordão)

-Carinha que mora logo ali… como você está?

Quando acontece algo ruim:

-Trágico!

Quando alguém fica flertando um amigo:

-Cara ela tá tão na sua.

Sempre me vi como o Chris (sim, sou irmã mais velha). Fazer as tarefas de casa, não ser correspondido, ser ignorado várias vezes, ser vítima das infames provocações dos irmãos, enfim… se fosse para descrever seria uma Candace da vida, haha. (Mãeeee, Phineas e Ferb estão construindo um castelo!)

Ah! E tem o Julius (Grande Homem). É tão legal o jeito como ele age com os filhos (e com a economia). Ele dança (hehe, lembrei do Latrell), trabalha (meu marido tem dois empregos, DOIS!!), é um bom pai e além de tudo é engraçado a beça.

tumblr_mra0wd8y2g1rome1po1_250

tumblr_mra0wd8y2g1rome1po7_250

tumblr_mra0wd8y2g1rome1po2_250

Não me lembro se assisti todas temporadas. Mesmo assim, só de assistir episódios repetidos me divirto muito. E não me perguntem qual o melhor episódio, para mim isso é um  grande desafio, rs. Certamente dá uma vontade enorme de fazer parte dessa família.

E você se identifica com essa série? Me conte, estou pronta para ouvi-lo (a). 😉

Até mais, jak.

Anúncios

15 comentários em “Brooklyn, 1986

  1. Amo de paixão essa série! Assim como o “Chaves”, “Todo Mundo Odeia o Chris” consegue fazer a séria aqui rir de coisas impensadas! Pego-me rindo de clichês e bordões e… Ahhhh como que vc não citou a maravilhosa Rochelle, Jak???? Muito hilária! Cara, uma das melhores personagens pra mim! Além do Julius, of course! (Os pais roubam a cena de seu filho). Ótimo entretenimento! Não é verdade que “Everybody Hates Chris”, I love it! ❤

    1. Putz, fiquei tão empolgada em escrever que esqueci da Rochelle. Haha, não tem como não falar dela. Ela e seu jeitão mandão,rs.
      E literalmente. Os pais roubam as cenas. 🙂

  2. Haha é meu seriado favorito! É difícil dizer qual é o meu episódio preferido, pois gosto de todooooos, (“o que você está fazendo aqui? Eu não chamei você, eu chamei o Drew” no episódio da festa do dias das bruxas! Tadinho do Chris. Amo muiitooo ❤

    1. kkk
      Obrigadão Carine. Já perdi a conta do quanto me apeguei á série. Deveriam criar o Todo mundo gosta do Chris, já que depois de grande, a vida muda de outro ciclo, hehe ;D

C⚉MENTE

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s