FIM DE SEMANA OFF-LINE

Hey, what’s up? Que tal ler ao som do The Killers, hein. 

“Sabe aqueles planos traçados no papel? Pois é, se queres vê-los romper sobre a suspensão de sua realidade, corra atrás campeão!” 😉 ~jak

Bem, cá entre nós… se tem uma coisa que eu admiro é dedicar um tempo para a família. A gente vive nessa correria do dia-a-dia, acaba dispensando o melhor potencial da palavra viver e, no fim das contas deixa muito disso passar em razão de minutos. Portanto, nesse fim de semana fiz desse comportamento meu auge de exercer o veredito. Resumindo: desliguei-me de tudo, do blog, dos sites que costumo frequentar, enfim, dessa bagagem tecnológica e fui viver o mundo real. Estava mesmo precisando cair em si. Todavia, nós criamos infortúnios, nós se tornamos infortúnios, flertando nossa consciência por meio deste que se viabiliza a observar nosso território do ser e estar.


anigif

Primeiramente, assisti um filme (Minha querida Anne Frank) que me introduziu fielmente com a história. Não tinha muito contato com a biografia de Anne mas ao proceder do filme, me fez ter o desejo de ler o seu diário que provavelmente deve instituir muitos assuntos interessantes, o que me agrega ainda mais lê-lo.

Depois da festa do meu caçula, apanhei a bike no meio da noite e pus-me a pedalar no ramo das dez horas. Posso confessar uma coisa? Andar de bicicleta durante a noite é altamente delicioso. ^^

20170212_180025-1Suplente á um dia de domingo, diria que estaria largada no sofá –uncle grandpa. No entanto, como uma visitinha a nossos avós é sempre bem-vinda, resolvi fazer uma visita agradável e de lá preparamos várias delícias, entre elas, uma torta de palmito de tirar o fôlego (depois quero adquirir a fórmula secreta, hein vó). Me empanturrei de tortas até dizer chega, hehe.

fiquei exaltada por fazer parte dessa experiência e enfim posso clamar por bis!

sei que já é quarta-feira mas, como foi seu final de semana?

jak  🙋

Anúncios

7 comentários em “FIM DE SEMANA OFF-LINE

    1. Que delícia!!
      Praias ao redor em pleno final de semana, é o desejo de qualquer um. E com música para agradar… um par perfeito de aproveitar cada estação sem indulto. 🙂

  1. Foi bem família também, modo hard! Haha! Recebi visitas brasileiras, muito pra conversar, passear, tirar trocentas fotos e etc. ainda me recuperando da canseira 😄

  2. Ah, bateu saudades aqui, na pele, na alma.
    Visitar os nonos, em meu tempo de menina, era coisa para o verão, mas era uma delícia e eu me empanturrava de tanto comer as delícias que ela fazia.
    Ah, os domingos de hoje são dias de livros e gosto imenso.
    bacio

    1. Nossos avós são sempre uma ótima companhia Lunna, principalmente para nos ensinar essas delícias cheias de mistério, hehe. Pena que o tempo boicota nosso melhor fruto entre eles, a saudade. 😦

  3. Ah nossos avós….
    Que saudades tenho de minha vozinha que também me fazia quitutes que jamais me saem da lembrança. Eles mesmos não mais presentes fisicamente os sinto, principalmente quando ou vou cozinhar (nesse caso minha avó materna) ou quando estou pela natureza (meu avô paterno e meu pai). Esse laço quase que espiritual é algo indescritível, mágico e pessoal. 😉

C⚉MENTE

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s