MINI-HÁBITOs

~se a vida é feita de escolhas, eu escolho ser feliz| 11:01

Como vai, meu caro?? 🙂 Aposto que seu final de semana fora esotericamente doce, principalmente para os chocólatras, não? hehe. Nada que uma brincadeira daqui acolá fizesse de falta nessa comemoração. Pois bem, dessa vez meu alvo foi concentrado numa grande mulher aventureira. HEY, VÓ! Apanhei um desses ovos de galinha caipira, submeti em uma embalagem de sonho de valsa e a partir de uma cestinha decorativa, dei o golpe do ovo de páscoa!! É óbvio que ao contato alarmante de suas mãos, o sentido da brincadeira foi resultado de grande exaltação. Mas tudo ficou bem no final de contas, claramente sendo presenteada com seus sortidos suculentos, rs. 🍫

Well, well… hoje resolvi escrever um pouco. E se existe uma coisa que detesto é limites. Já tentei de tudo para depor com estrategismo de expectativas. Vamos contar que nem tudo, pois estou acertando essa reputação comigo mesma com um passo de cada vez. É um saco ter que conceituar um turbilhão de coisas com aquelas que seu corpo aparentemente já atende por domínio. Logo que previ essa entrância de uma nova fase, tornei a favorecer a prática dos mini-hábitos; nada mais é que uma organização diária dos seus á fazeres, entretanto, com escalas de menor tempo!

DESIGN JAK.JPG
um café, será sempre uma boa pedida.

Ok, vejamos um exemplo… ler. HA! Antes, eu mergulhava de cabeça em 1 capítulo por dia. No dia seguinte, não sabia nem a metade do que foi lido, devido a falta de concentração (-deve ser a velhice chegando). Essa semana iniciei o relance de ler 2pág/dia, até que felizmente eu pegue o hábito de acrescentar propósito sem sentir tédio. Outro meio, são os estudos. Ao contrário de se derreter em frente ao computador com tanta informação processando, estou averiguando 2hrs do meu tempo para efetuar a dedicação daquilo que me traz afins do conhecimento intelectual. De fato, a gente somente, coff coff, ‘só mente’, quanto a relação de querermos algo e acharmos que não conseguimos.

*pura verdade*

Portanto, nada que um empurrãozinho na consciência ajude a viabilizar o que queres do que desejas;

-e você? como lida com esses problemas no dia-a-dia? 

até amanhã, jak| 😉

mas para a alma faminta,

…todo amargo é doce.  (Provérbios 27:7)

Bom dia, –eis um sonsinho bom pra escrever 🚀

Cá estou. 15º semana do ano. Deliciando um café puramente quente. E de passe a esclarecer meu intervalo no blog. Sempre haverão duas coisas sobre as quais não poderei distinguir. As que tenho e as que me tem. Os diferentes pontos de vista, acabam ocupando o verdadeiro esboço do horizonte. Certo, certamente. Sempre em ascensão do exorbitante encontro. Meramente ilustrativo, é convencionar a mercê de nossas estatísticas estando sempre a frente do reflexo razoável. Isso não se detém á fatos, no entanto, aos fatores, por qual me servem ao incisivo perfeccionismo.

Ou seja, você aí, que deixa tudo em cima da hora, faz aquelas listas gigantes, escreve 200* rascunhos mas não acomete a repercussão em terminar… pois bem, era isso que estava acontecendo. Num momento tudo está sob controle, o domínio, a soberania… até que você desmaia na procrastinação e os problemas acabam surgindo onde menos se imagina. E claramente a vontade de um mundo á progredir, desaparece. Para tanto, neste momento reaparece. EHHHH -pausa para exaltação. 🙂   *EXAGEROS À PARTE.

desenhojak.JPGDesde então, passei a ruminar diante de tanta coisa que fiz até aqui. E fato é, se você não possui o disparo pelo desejo de fazer algo que realmente sinta-se a vontade, a melhor maneira á designar, é pressionar o gatilho em outro propósito. Nesse caso, gostaria de anteceder-lhe a notícia que, sim, estou de volta. E adivinhem? Todo conteúdo de agora em diante, não apresentarão sequer outra fonte senão criada/fotografada/desenhada/escrita por essa pessoa que vos escreve. Por que? No instante em que criei este espaço, a datar pelo início desta trajetória, essa era a verdadeira intenção. Reunir esse conjunto de loucuras que se remete ao meu mundo.

Finalmente, depois de tanto tempo procurando uma solução, mesmo estando com a resposta debaixo do nariz, eis o veredito para continuar a fazer parte dessa aventura. Fazer o que gosta. Ponto. FAZER e descobrir-se por acaso. Sem caso.

Afinal, sempre estaremos entre o sim e o não. Mas o talvez, nos dá tempo de sonharmos acordados, enquanto banhamos a tarefa de se recorrer a imaginar tudo que temos.

Nos vemos por aí,

hasta la vista,

jak

-if you would weeping-

hennkim1

as lágrimas são projetadas por emoções. tão mesmo por constantes pensamentos, por lucros dum primórdio não tão distante. por sons que sufocam o andamento dos batimentos cardíacos, por um suporte sem proximidade á uma explicação sincera. e ela se alastra. hipnotizando os documentos já arquivados, já esquecidos, portanto de maneira á se reintegrarem em momentos impremeditados.

são águas salgadas. passando a pulsação de cativeiros obscuros, da fala não dada, dos sentimentos não sentidos; e como saber sentir um sentimento? o caos em si, por um redemoinho de pranto insolúvel, surgindo assegurado pelo tempo de reflexão em banho. de nada se sabe, o quão insensível se manisfesta nossas impressões. se por lembrar da felicidade, nossos olhos esbanjam o abalo dos efeitos harmônicos, redobrando a sensibilidade a eles á uma porta a céu aberto, tão decente a se coibir por lágrimas daquela turbulência expulsante de excitação; do amor ao toque, da presença sem convite, do tato ao âmago da sensação. dessa forma, um erro seria não varrer o júbilo, em troca a admitir o medo a se condizer com outros fatores, resultantes da perda, do pensar e existir em suma protuberância á se dizer incapaz de sentir. e nesse escaldante ciclo, as considerações finais. a inexplicável peleja dos enseios não cobrados por faces desmoronadas de culpa. sempre seremos o ser e a culpa.

ás lagrimas desviamos a moldura, entre tantas e incríveis vezes que se perdemos em devaneios passados e que ainda irão de passar. as gotas são o presumo de nossas narrativas mais afundas do que o próprio espírito. a cerca de qualquer época. elas viverão por demonstrar nossos recipientes alvitres. sempre que vier, irão de virar.

jak| art henn kim

ACHADOS ♡ WEEK’s

salut, boa tarde, boa noite, bom dia! 16/2 6:01 pm

“A perseverança é a mãe da boa sorte.”

Quem gosta de descobrir coisas novas? (-EUUUU). Bem, posso dizer que sou aquela pessoa que a partir de um site, vou de encontro ao outro, ao outro, até submeter a algo que realmente me surpreenda.

Essa semana fiquei fascinada com a proporção de coisas que acabei esbarrando, em meio á tantas páginas. Desde artefatos impressionantes á coisas que desejamos terminantemente em nossa casa. Eis aqui um quadro das coisas que descobri repentinamente.


  • O designer Zanwen Li criou uma série de lâmpadas nomeadas de Heng, à que distribui um panorama incrível, de elementos bem atrativos, onde a criatividade e a invenção se resumem por um todo. –adoraria ter um desses em casa. 
  • Oleg Khalip, criador da Jollylook, a câmera sob qual foi projetada por meio de materiais recicláveis, tem tudo para ser a melhor coisa já inventada com papelão. Essa belezura possui a função instantânea e reside em ser um pouco maior que uma caixa de Iphone, ou seja, é perfeita para qualquer ocasião. –desejando imensamente na coleção.


  • Em frente a tantos sites de compras, encontrei Free Peoplecujo possui uma amplitude diversa, apresentando peças e costuras que não estamos acostumados a distinguir, do tipo sapatos bordados á estilos bem exóticos. –ansiando por tudo.
  • O Spotify é demais. A cada semana há indicações novas e nessa semana não foi diferente. A música Open Road (do Roo Panes) é em determinada passagem, a trilha sonora de viagens aventureiras. Já entrou na playlist, hehe. –dá um play e sinta a emoção.

🍍

esses foram meus achados por aí

e quais foram o seu? | jak

O sumo de 1/2 limão

03/02  19:10  post de hoje: crônica - art by jak

Eu sou o limão. E peguei a hora exata para começar a digitar esse texto. Não me convenho com a forma que as pessoas me conjecturam. Particularmente, sou azeda, daquelas que nem mesmo se adoçando resolve. Me comporto conforme os condimentos que me é aprimorado. De vezes, gosto mesmo é de arriscar algo novo, servir de essência para levantar o astral; emitir um novo toque.

lemon

Muitas vezes, sou posta como sobejo. Ninguém sabe mas, a melhor parte de mim estão nas sobras. Uma coisa que detesto, é ser encarregada de impressionar alguém. Eu gosto mesmo é de provocar sobressaltos, do tipo conceituado de tequila. Imaginem só, extrair toda minha felicidade para ser a limonada de alguém. Não. Me nego a favorecer os prazeres absortos sem antes compreender o espaço que serei deferido. Sendo assim, sou 1/2 do que digo, 1/2 da seiva que tempero. A outra metade, é a parte evasiva, é a 1/2 de um mistério!


jak 🍏

Decor: Adnet

Salut, -nos dê paciência mas não nos dê algo que prometa a extinção desse limite- jak

It’s Thursday, baby 😉

Entre multi funcionalidades para beneficiar um ambiente acomodável, escolhi um para nos inspirar e claro, do campo minimalista ao nosso consumo financeiro, hehe. Como estou com várias ideias para construir um kitnet, de modo que fique de acordo com as minhas peculiaridades, o espaço que mais emite atenção segundo as mulheres *os homens também podem, é o cantinho da beleza. E com isso lhes apresento a criação de Jacques Adnet.


△▽△

O design aplicado no couro e a sutileza incluído em seu charme, é de esbanjar inovação á quem quer que opte por decorar o cômodo com esse espelho. Falando nisso, vi em vários faça você mesmo como aderi-lo. Há muitos passo a passo que proporcionam o uso de uma forma de pizza como suporte do espelho circular. O couro enfatiza o procedimento, não? E fechamos com chave de ouro. 🙂

fec1ab1d2262879829ab47d2aaf9daf1Vou ver se consigo os materiais na inspeção de projetar um em que combine com o kitnet.

ademais, espero que tenha se inspirado 😉  ~jak

Me and ARTETERAPIA

Salut! Essa semana estou prestes a evolucionar meus sentidos manuais. imagino que você também tenha um tempinho para fazer dos seus gostos, um lazer primoroso nessas férias. Em verdade, a gente catalisa boa parte desse tempinho em forma de substância á nossos controles emocionais. Com isto, chegamos ao ponto de falar sobre a arteterapia.

IMG_7360.jpgwaterfall, a essência natural da matéria prima. art by jak.

Se tem algo que nós humanos nossos capazes de produzir é, em suma característica, astúcia e diligência. Não somos feitos para ficar sentados, descansando e presumidamente, deixar todos os valores da vida se desabrocharem. Cada um tem uma visão sobre a vida. Seja ela com: música, teatro, desenho, escrita, artesanato…

20161228_110021 (1).jpg

A arte da vida consiste em fazer da vida uma obra de arte!

Seguindo o ditado, todas as pessoas tem um talento indubitável para refletir suas emoções. A depressão, a timidez, a agressividade, a felicidade. Nossas emoções são emitida por um valor maior, chamado coexistência. E por que arte? Porque arte está em tudo que tocamos; a liberdade de traçar fontes que subsistem nosso equilíbrio sensorial.

Quando estive presente no Masp, elaborando novos conhecimentos artísticos, persuadi horizontes que abriram portas para criar minha própria motivação. E isso é verídico. Inspirar, expirar é o mesmo que respirar em domínio dos seus objetivos. Acredito que toda pessoa é um artista. Entre descobertas e distorções, um ponto de interrogação.  Então, faça a arte florescer caro artista.  -acredite, all is possible! 😉

gif.gif

Temperemos com filosofia: Remir os instintos, são sem dúvidas a luz em seu destino.

com carinho| photos and art: by jak

The Art of Matt Blease

Olá, é segunda-feira minha gente!!

Já que estamos com o pique afiado, comecemos com uma música gostosa e relax para início de conversa. P.S: essa música lembra-me muito quando assistia aos filmes do Scooby-Doo, vai entender? Fato: essa banda participa do filme, ‘dãm‘   °w°

Antecipando nosso “momento reflexão“, hipnotizo meus olhos esbugalhados no ponteiro e sim, são 2:00 da manhã e sim, eu tenho que trabalhar daqui algumas horas e sim, eu vou ter que caprichar no café para não ficar com sono. Tirando essas coisinhas excedentes, podemos continuar e dessa vez, a inspiração se deve á Matt Blease.

tumblr_nliti6jnzj1qdd2yto1_1280tumblr_o2u5pzuqcw1qdd2yto1_1280Blease é um artista inteiramente criativo, animado, resumido de ironia e sarcasmo ao modernismo atual.

tumblr_ofeaugsaov1qdd2yto1_1280Fiquei pasma com seu conceitual modo de reaplicar meios válidos, para transmitir o realismo. E a cada ilustração, nós se identificamos. Não há como negar. Este é a tradução do natal sobressaltado.

tumblr_nzqdqcspgk1qdd2yto1_1280Conheci sua arte repentinamente, entretanto, estava assumida que tinha, sem saída, recomendá-lo a ti. Eis que admiro e indico.


Espero que aproveite ao máximo seu dia | até mais, jak

Tal exuberância de Alina Zamanova

Salut,       ~O machado esquece; a árvore recorda.~     GOOD EVENING!

E com toda euforia (e exaltação), finalmente voltei a desenhar aos poucos. Isso é um contentamento que, apenas exercendo-a nos oferece a divindade da arte. Arte pois que, do próprio método de fazer o artístico par de declaração do fornecimento cujo recebido. Enfim, é uma arte fazer arte. ^^ (-confusão a solta).

Dentre esse depoimento, de fato, é um exercício notável que vem aderindo o propósito da prática. Portanto, é incrivelmente fascinante acompanhar essa magnífica exposição através de outros ramos propensos de conjunções inspirativas. Diante das possibilidades que vim acompanhando, me encantei profundamente com os seixos de Alina Zamanova.

tumblr_o51xbw81da1rng3cpo1_1280tumblr_o5on7twe3a1rng3cpo1_1280tumblr_o6akv3kyk71rng3cpo1_1280


Dá para sentir a aura rebelde e característica de cada obra; traços delineados, cores congruentes, modelos uniformemente marcadas. E adivinhem só… ela exibe todo esse capricho numa coleção de vestuário, o que é algo fenomenal. #musthave.


tumblr_o5xhwgsiij1rng3cpo1_1280tumblr_o46vl5ae7y1rng3cpo1_1280Particularmente, a artífice dela é esplêndida. Com toda essa dedicação, fica meio que irrecusável deixar de acompanhar cada passo. Se impressione ainda +: ZAMANOVA @alina_zamanova

Então, qual sua reação perante essa composição artística? 

até breve -xx- JAK

Feng Shui-Espírito natural!

Salut,

Ocasionalmente, eu encontrei um tema totalmente próximo do que gosto de fazer, organizar meu espaço e onde vivo. Se sou perfeccionista? Demais, quando alguma coisa está torta, desarrumada (meu quarto só fica arrumado quando meus irmãos não estão nele) eu mudo, reparo, faço minha mágica, e tento o máximo que puder para ficar de minha preferência. Não ligo para a ‘perfeição’ em si mas sim, do mérito em estar em um ambiente aconchegante. Você pode concluir, meu site não fica um mês sequer com mesmo background, mesma fonte, ou até o mesmo ritmo. Eu sou assim, detesto padrões, sou aliada da diversidade.

Pensando nisso, depois de todo blá (não quero colocar três blá 👌), quero apresentar Feng Shui. Eu me identifiquei tanto com essa possibilidade, que não poderia deixar de demonstrar no diplomático lazer JkMonde, (se é que é lazer, porque eu só falo bobagem quando estou digitando).

Ele é uma arte chinesa e não deixa de ser um método filosófico para interpretarmos.

Ele reúne cinco elementos da natureza, sendo água, madeira, fogo, terra e metal.  A intenção é probabilizar um ambiente com essas companhias, para energizar seu ambiente e trazer um astral imediato para sua convivência. Porém, a decoração justifica em não manter coisas desagradáveis, como paredes rachadas, lâmpadas queimadas e objetos que não tem utilidade ou que, guardem energias negativas do tipo aquele ursinho que seu ex-namorado lhe deu naquela vez que….(shhh).

Fiquei contente em poder estar em conta que isso só atrai benefício, bem-estar, e felicidade espiritual; é como se você entrasse em um spa, mas na verdade está invadindo um lugar ambiguamente seu. As cores, são opção de cada cômodo entretanto com ajuda de um profissional dessa área, pode totalmente ter requerimento de paz interior. Em dezembro, já tenho metas de reformar meu quarto (novamente), e pensando em inserir essa captação de ideia, que é integralmente intencional. Já penso nas plantas e luzes de led no teto, como se fossem estrelas, e uma prateleira de emoções, juntamente com um par de músicas lentas.

jak