DA PALAVRA EXISTIR

19:21 exitem os justos. existem á eles. um poder senão apunhalar o não;

DSC08761-01100 palavras e uma música.

Pink Floyd – Learning to Fly

Pensa. De modo refratado por quão imerso à insistir. O homem. Persistente a irremediável posse na face da terra. A vida. Um monumento estrangulado por altos e baixos. A história. Demasiadamente poético aquém digere a sucumbir a encruzilhada. O rumo. Proeza solícita a margem rítmica ao estado de âmbito. A máscara. Peça encarquilhada a soberania explosiva à outrem. O corpo. Diadema passional as necessidades radicais no apogeu do mundo. A alma. Desejo matizado ao toque harmônico nas profundezas da veracidade intangível integrada ao físico. A existência. O agora de ontem, o óbvio do amanhã; mediante, adiante… as revelações do universo.

-good Night- photo/text by J∀K